Resenha – Nutrição: muito além da alimentação

domingo, 27 de novembro de 2016
Título: Nutrição: muito além da alimentação
Autora: Geórgia Bachi
Número de páginas: 126
Editora: Matrix



Por: Brenda Sousa

Falar sobre alimentação, exercícios e saúde atualmente é um pouco polêmico e enlouquecedor quando nos damos conta da quantidade de informações contraditórias que encontramos em todos os tipos de mídias. O que Geórgia Bachi busca trazer em “Nutrição: muito além da alimentação” não é mais uma receita de como emagrecer, como perder peso e ser saudável com regrinhas específicas. Muito pelo contrário.

A todo o momento a autora enfatiza no livro a importância de ser acompanhad@ por profissionais de saúde e da individualidade com relação às diferenças no organismo de cada indivíduo e de como ele reage a diferentes situações. O livro é dividido em capítulos que falam um pouco sobre diversos tipos de alimentos, a importância da água, dos exercícios, da respiração, assim como efeitos do estresse e necessidade de descanso para que possamos ter a melhor saúde possível nas nossas rotinas corridas e cheias de atividades.

Quando recebi o livro, esperava algo diferente, mas a leitura foi até bastante rica para mim. Marquei algumas dicas bem simples para levar para a vida (como beber 2 copos de água ao acordar) e acho que é uma leitura importante até mesmo para quem não tem problemas de saúde e gostaria de otimizar a sua. A autora é bem didática em todos os capítulos e trás até algumas analogias que ajudam o leitor a compreender melhor um pouco de como funciona o nosso organismo.


Achei algumas coisas um pouquinho repetitivas e acho que algumas das sugestões podem não servir a todos (especialmente por questões financeiras), mas isso não impede que várias das dicas, sugestões e alertas para a saúde sejam bastante interessantes, enriquecendo muito a mensagem que a autora busca trazer. Não é um tema que me empolga tanto e talvez algumas outras formas de abordar pudessem conquistar um público mais amplo, mas fica a dica para quem curte e está ligado na própria saúde diariamente. Vale lembrar que Geórgia Bachi é mestre em Nutrição e Alimentos, portanto o que é dito no livro vem de uma profissional qualificada para tal, não sendo apenas senso comum ou crenças no que é dito em diversas revistas sensacionalistas por aí.

Para quem se interessa sobre o tema, é uma leitura bem leve e dá para aprender muita coisa útil para a saúde. Consegui ler o livro rapidinho em 1 dia e os textos fluíram bem rapidamente e de forma bastante confortável para mim. 




Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Canal "Le Café" - Rebeca Melo no Youtube

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Olá, leitores!

O nosso post de hoje vem apresentar para vocês o canal de uma escritora e uma pessoa fofuxa e muito talentosa. Quem acompanha o nosso blog a mais tempo conhece a nossa parceira queridíssima Rebeca Melo (autora de livros incríveis como As Lendas de Saas 1 e 2 e Rainha dos Corações Congelados, por exemplo). Faz pouco tempo que ela lançou um canal lindíssimo, cheio de vídeos legais com alguns quadros e discussões bem legais. 

Apresentando um pouquinho do canal, nós decidimos que ninguém melhor para falar sobre ele do que sua criadora e sua principal estrela: Rebeca Melo.

1. A IDEIA

Imagine uma sociedade secreta de escritores. Um lugar onde diversos autores se encontram para tomar um café e planejar a morte de seus personagens favoritos (brincadeira! rsrs). Um clube “super secreto” onde você, escritor, pudesse conversar sobre coisas que somente os seus amigos de profissão entendem.

Foi assim que surgiu o Le Café. Começou como um blog/livro no Wattpad. Falávamos sobre personagens, mercado editorial, vilões, tipos de narradores, etc. Sempre com bom humor e trazendo os “leitores” (membros do clube) para participar ativamente.





2. O CANAL
Depois que a ideia explodiu no Wattpad, decidi que era hora de mudar de plataforma. Eu queria explorar o universo dos vlogs, alcançar um novo público. A diferença é que no YouTube eu dividi o canal em 3 Quadros, o que deixou o conteúdo muito mais diversificado e legal:

PAPO DE ESCRITOR: Acontece toda segunda-feira. Os temas abordados vão desde o processo criativo, até o processo de publicação de um livro. E o conteúdo é produzido de um jeito que soe mais como uma conversa do que como uma palestra. Até porque eu não me atreveria a dizer que tenho experiência o suficiente para ensinar. Não, no Le Café nós trocamos ideias, aprendemos juntos. É um bate-papo saudável e divertido. Dentro deste quadro, estou fazendo uma série de vídeos sobre o mercado editorial. Quero falar o que faz cada profissional desse mercado (como o agente literário), quais são os tipos de publicação que existem e coisas do tipo.

Só para deixar o gostinho, confiram um dos vídeos do canal, do quadro "Papo de escritor"!



VIDA CRISTÃ: É o quadro de quarta-feira. Feito por uma jovem cristã para outros jovens cristãos. Os temas trazem desde os assuntos mais simples até os mais complexos do cristianismo, sempre com uma pitadinha de humor. Às vezes a pitada vira uma xícara. Aqui, eu sempre gosto de avisar: não quero converter ninguém! Eu decidi inserir esse quadro no canal porque, como cristã, é meu desejo falar sobre nossa vida com Jesus com aqueles que também são apaixonados por Cristo! Se você tem uma religião diferente da minha ou não tem religião, basta ignorar esse quadro.

CULTURA GEEK: Às vezes eu posto um vídeo na sexta-feira. No Cultura Geek a gente fala sobre livros (do ponto de vista de quem lê), músicas, filmes, séries, TAGs, etc! É tipo um quadro sobre aleatoriedades. Afinal todo autor tem um lado Geek...


E aí, gostaram? Então acesse o canal AQUI e se inscreva para não perder os novos vídeos publicados por ela! 


"Assim como numa cafeteria de verdade, o Le Café é um lugar onde as pessoas podem se encontrar para bater um papo, trocar ideias e dividir uma xícara de café... Ok, talvez não uma xícara de verdade."
Rebeca Melo



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha – Fábulas Cruéis

terça-feira, 22 de novembro de 2016
Título: Fábulas Cruéis
Autor: Luiz Vadico
Número de páginas: 287
Editora: Empíreo



Por: Brenda Sousa

“Nenhuma fábula dará as respostas que você mesmo já deve ter. Nenhuma delas lhe dará dúvidas que você mesmo já não tenha. A única certeza que elas lhe darão, será a de que você não é um animal irracional, um inseto, ou qualquer coisa assim, e que por melhor que seja o escritor, ele nunca lhe dará uma resposta, apenas propostas para pensar.”
Fábulas Cruéis, Luiz Vadico

Fábulas... Quando li sobre o que se tratava o livro, fui levada de volta à minha infância, quando a professora de redação me apresentou ao conceito de fábula pela primeira vez. Talvez por isso ler esse livro me encheu de nostalgia e me trouxe de novo para uma parte do mundo literário ao qual eu estava a muito tempo afastada: a leitura de fábulas.

Em “Fábulas Cruéis” temos diversas histórias, com os mais variados rumos possíveis. Algumas mais longas, outras bem pequeninas e ainda assim com toda a sua magia. O objetivo das fábulas é sempre nos levar a reflexão através de histórias fictícias e, sem dúvidas, este livro cumpre muito bem com o objetivo. O mais legal de tudo, é ver que, apesar da intenção própria de Luiz Vadico com cada história, nós, como leitores, podemos refletir sobre uma imensidão de diferentes temas a partir de uma única história. Algumas das histórias não chamaram tanto a minha atenção, enquanto outras me conquistaram por razões bastante pessoais. O que posso dizer é que esse é um livro para leitores que tem mente aberta, que estão dispostos a refletir sobre o mundo, sobre a natureza humana, sobre tudo que estamos vivendo nos últimos tempos. 


Para além da escrita do autor (que é de uma maestria incrível, já que escrever fábulas é um trabalho árduo e não é para qualquer um), preciso elogiar (mais uma vez) a edição do livro. O livro contém imagens como se fossem desenhadas à carvão, e às vezes eu passava a mão para saber se estava diante de uma original, de tão incríveis que ficaram. O exemplar físico tem capa dura, com a lateral das folhas pretas e, acredito eu, isso torna a leitura diferenciada.

Por fim, fica a dica. É um trabalho bastante interessante que vem para agregar valor para a literatura brasileira, nos apresentando Luiz Vadico e nos fazendo tornar seres humanos mais críticos e capazes de fazer mudanças. 



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





| Livros por editora | Belas Letras

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Olá, leitores!

Hoje temos mais um post para a sequência de livros por editora, e a escolhida da vez foi a "Belas Letras". Essa é uma editora que extrapola o nível de fofurice nos seus livros. SÉRIO! Não dá para ler "Brincar, clicar, amar", "O papai é pop 2", "A mamãe é rock" e "Amor à moda antiga" sem se derreter ao virar cada uma das páginas. 

É exatamente a fofura que me surpreende nas publicações da editora às quais já tive acesso até hoje. A diagramação dos livros é bem gostosa de ler e eles tem um toque especial e diferente em cada livro, o que me deixa curiosa a cada vez que abro um novo exemplar físico recebido por eles. Sem contar que a embalagem que recebo os livros são a coisa mais linda e já tem um recadinho para o carteiro tomar cuidado com nossos bebês! Na primeira vez que recebi fiquei tão derretida! hahaha 


Ainda faltou o livro do Sensacionalista, que foi, de longe, o livro mais divertido que já recebi! hahaha Manchetes de um humor maravilhoso e que eu já conhecia da internet. É uma leitura divertidíssima e super rápida, que vale a pena! Fica a dica de livros fofos, cheios de imagens e histórias sobre coisas apaixonantes e encantadoras. <3



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Lançamentos de Outubro - Editora Draco

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Olá, leitores!!!

Olha coisa boa chegando por aqui! A Editora Draco apresenta os lançamentos feitos no mês de outubro e nós convidamos vocês a conhecê-los também. Vamos lá? 


Operação P-2, Olivia Maia
“Operação P-2″ é um romance policial de Olivia Maia, autora revelação do gênero.

Para Leonardo, o passado é um roteiro na memória e uma pilha de provas de História a corrigir. Mas isso está prestes a mudar – e em velocidade vertiginosa. Um jornalista e professor universitário é assassinado ao pesquisar desvios de verbas no período da ditadura militar; queima de arquivo? Como herança maldita para Rafael, seu aluno (e aprendiz de Philip Marlowe), três nomes e uma instrução: “procura o investigador Mateus, no DEIC”. As descobertas da polícia despertam na mídia a curiosidade por uma suposta organização de guerrilha que funcionaria até hoje. Operação P-2? Outras mortes sucedem e Leonardo é pressionado em direção ao inevitável: um confronto com as lembranças de uma identidade que já não pensava ter, há quase vinte anos.

Adicione ao Skoob



Segunda mão, Olivia Maia
“Segunda mão” é um romance policial de Olivia Maia, autora revelação do gênero.



Depois de quase dez anos de certezas dentro da polícia, o investigador Pedro Rodriguez teve um começo de ano tumultuado: um final complicado de relacionamento e um acidente que lhe tirou parte da audição e quase lhe tirou a vida. Para piorar as coisas, é incumbido de investigação envolvendo o suposto suicídio de um primo de seu delegado, em uma trama que envolve lavagem de dinheiro, mentiras, corrupção e a cúpula da polícia.







Do osso ao pó, Júlio Menezes
A década perdida é a mãe dos sobreviventes.

São Paulo, os anos 80. Aqui a “década perdida” é palco de todas as perversões possíveis, e todos aqueles que continuam a sustentar seus vícios noite após noite sentem-se como sobreviventes. Cocaína, diversão, ódio, afetos, tudo pode acontecer nos inferninhos do centro da cidade. No início da sua vida adulta, Eduardo Conde vê tudo sair do controle após se envolver com as drogas e o crime – e toda sorte de pessoas que esses dois elementos trazem consigo. Ele é um homem introspectivo e apático que possui algumas fixações: a obsessão pelos ossos humanos e a ideia de que qualquer pessoa pode cometer um assassinato apenas desejando a morte do outro – até mesmo dos entes queridos – sem sujar as próprias mãos.

À beira do precipício e sob os efeitos colaterais de uma vida regada a excessos, o anti-herói desta fábula perversa vai se encontrar com seus fantasmas, sem esperanças de chegar a um bom destino. Júlio Menezes compõe em “Do osso ao pó” um relato da cena underground de uma grande cidade, na melhor tradição de autores como Charles Bukowski e Pedro Juan Gutierrez. O leitor entra de cabeça no clima paranoico de suspense, crime, sexo e violência, sem chance de retorno.



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Campanha Novembro Azul

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Olá, leitores!

Nos últimos meses aqui no blog nós aderimos à divulgação de campanhas como o Setembro Amarelo e Outubro Rosa e hoje estamos aqui para falar do Novembro Azul. Em 2008, o Instituto Lado a Lado pela Vida foi pioneiro na abordagem de questões relacionadas ao câncer de próstata no Brasil, com o objetivo de promover mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao médico. Quatro anos depois, o Instituto passou a promover um mês inteiro e intenso de mobilizações focado na saúde do homem, dando origem ao Novembro Azul. (Fonte)

Acredito que está campanha é de extrema importância, assim como as outras, porque sabemos que o exame para prevenção deste tipo de câncer envolve um preconceito enorme na nossa sociedade, a ponto de homens preferirem o risco de desenvolver uma doença tão grave à fazer o exame. 


Por todo o Brasil, iluminações de prédios e monumentos, palestras, ações em locais de grande circulação de pessoas como estradas, estádios e autódromos, e apoios de instituições e personalidades lembram a importância da realização de exames preventivos. Até na Times Square, em Nova Iorque, a campanha chegou, com exibição de um banner em um de seus principais e mais famosos painéis iluminados. Apenas em 2015, por meio de 463 ações, o Novembro Azul impactou 87 milhões de pessoas em todo o Brasil. (Fonte)

Nas ruas, foram 6,7 milhoes de folhetos distribuídos, além de 50 mil apenas nas estradas para os motoristas. O Novembro Azul também realizou 2,3 mil ações em diversas empresas durante a campanha, além de ter iluminado 37 prédios e monumentos em todo o país. Números assim fizeram o Novembro Azul tornar-se referência na missão de orientar a população masculina a cuidar melhor da saúde e entrar para o calendário nacional de prevenção. Hoje ele é a maior campanha de combate ao câncer de próstata do Brasil. (Fonte)


É isso aí, pessoal! É importante divulgar e encorajar sempre as pessoas mais próximas a aderirem a essas campanhas. Qualquer câncer é uma doença complicada e quanto mais ações de prevenção da doença, maiores as chances de recuperação e diminuição de maiores complicações por causa dela. O Postando Trechos apóia, apoie você também! ;)



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha - A Princesa da Lapa

terça-feira, 8 de novembro de 2016
Título: A princesa da Lapa
Autor: Danilo Barbosa
Número de páginas: 304
Editora: Universo dos Livros



Por: Brenda Sousa

“Não hesite, há milhares de possibilidades à sua espera. Basta um pouco de fé. Basta ver o que há de fantástico na vida, por onde passar e, o mais importante, nunca se esquecer de que somos capazes de construir os nossos próprios contos de fadas.”
A princesa da Lapa, Danilo Barbosa

Jonas é um escritor de romances que, no momento, vive uma decepção amorosa avassaladora ameaçando destruir sua vida e tudo aquilo que ele acredita de bom. Correndo atrás da sua amada, tentando entender como a sua história se perdeu tão drasticamente, Jonas chega ao fundo do poço. Como se já não bastasse, ainda sofre pressão para escrever mais um livro e publicá-lo em breve, mas a sua atual situação não ajuda em nada. É em um dos seus momentos de bebedeira que uma pessoa importante cruza o seu caminho, destinada a mudar sua forma de enxergar a vida.

Larissa é uma senhora com uma rica história no seu passado. Essa história ameaça se perder e ela sabe que precisa fazer algo para eternizar tudo que passou. Em um de seus sinais recebidos do falecido marido, ela, sua amiga Lalinha e o marido saem de madrugada, sem rumo. Nessa jornada, Larissa encontra Jonas jogado no meio da rua, tentando se recompor e o acolhe dentro do carro, levando-o para a sua casa, onde o acolhe em sua biblioteca. Jonas desperta um tanto quanto perdido, tentando compreender aonde se encontra. Ao descobrir que habita uma biblioteca, Jonas se aventura em meio aos livros, arriscando até abrir alguns deles. Em todos, há a inicial “R” marcada e, guiado pelo seu faro de escritor, a curiosidade lhe alcança. Quem será “R” e porque todos os livros tem essa inicial marcada? 


Larissa logo se apresenta ao rapaz e de cara é questionada sobre a assinatura em todos os livros. Mal sabia ele que estava imergindo num mundo de histórias ricas, cheias de fantasia e realidade se misturando. Larissa havia finalmente encontrado aquele que eternizaria a sua história, a história da Princesa da Lapa e dos poderes que por tanto tempo ele exerceu sobre qualquer um ao seu redor. E, de volta aos anos de guerra, Jonas começa a ouvir a história de Larissa desde que fora deixada na “Casa dos Prazeres” até o presente momento.

Logo de cara eu digo que sou apaixonada pela capa do livro, e não me julguem por isso. Hahaha’ Preciso dizer que durante toda a minha leitura estive encantada com a escrita de Danilo Barbosa nessa história. Esse livro, mais do que qualquer outro que já li até então, pode ser definido por mim com uma única palavra: poesia. São 304 páginas e no fim das contas eu fiquei repetindo para mim mesma como a história conseguiu ser tão bonita, tão singela, e tão mágica (em vários sentidos) ao mesmo tempo. Eu tive, desde o princípio, uma visão bem clara da Casa dos Prazeres e dos acontecimentos ali registrados, assim como pude registrar claramente os personagens no meu imaginário. A descrição e a sequência dos fatos são uma delícia de acompanhar e é tudo bem diferente da maioria dos livros que estamos acostumados a ler. Não há tanta ação, paixões avassaladoras cheias de romance, mas realidade, a dura realidade de um período mundialmente conturbado e que se refletiu nos cantos da Lapa, no Rio de Janeiro.


Para além da história, o que mais me surpreendeu foi a habilidade de Danilo Barbosa em escrever dois livros tão bons e de gêneros TÃO diferentes. Para quem acompanha o blog, o Danilo é autor também do livro Arma de Vingança (RESENHA AQUI), que traz uma história também muito forte, porém EXTREMAMENTE diferente desta. Por fim, fica a indicação. A Princesa da Lapa me remete a uma história de época, que carrega toda a magia e sofrimento do período na qual se passa e que traz lindas lições até a última página.




Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Picbook Project - So Dramatic!

sábado, 5 de novembro de 2016

Olá, leitores!

Chegou a hora do nosso Picbook Project do mês de Novembro! O tema da vez é "So Dramatic!", e a ideia é escolher um livro que nos fez chorar muito. Eu dei um passeio demorado pela minha estante para escolher esse livro e vou explicar os meus motivos. Quando comecei a leitura já tinha visto muitos comentários dizendo que era um livro excelente, que eu não me arrependeria e etc. Mas eu seria incapaz de imaginar que a história de "Um caso perdido" fosse tão forte assim. Me peguei chorando muito em vários momentos fortes da história e é por isso que este foi o escolhido para o tema do mês. 


SINOPSE: Sky cataloga garotos como sabores de sorvete. Alguns são baunilha, outros um pouco mais ousados. Mas nenhum a empolga. Em seu último ano de escola, conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.







Confiram também os posts das outras participantes!

BLOGUEIRAS PARTICIPANTES:
     
      



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha – Não quero ser lembrado

quarta-feira, 2 de novembro de 2016
Título: Não quero ser lembrado
Autor: Lucas Rezende
Número de páginas: 190
Editora: Empíreo



Por: Brenda Sousa

“Como nós podemos algum dia ter certeza de qualquer coisa que fazemos? Precisamos apenas aceitar nossas próprias decisões, esperando que nossos acertos suplantem os erros. Isso quando conseguimos distinguir o que é certo e o que é errado. Essa é a verdadeira condição humana. E ela é mesmo muito traiçoeira.” 
Não quero ser lembrado, Lucas Rezende

Em “Não quero ser lembrado”, Lucas Rezende nos trás a natureza humana na sua pior forma. Aqui conhecemos Bernardo, um rapaz que levava uma vida medíocre como chefe de almoxarifado, viciado em passar horas dentro da locadora próxima de seu apartamento buscando filmes que pudessem lhe distrair a cabeça por pelo menos duas horas da vida de merda que vivia.

É nessa mesma locadora que ele conhece Patrícia, quando num momento de distração se esbarra na única pessoa presente no local às duas da manhã. Esse teria sido um momento único de contato entre eles, não fosse o fato de continuarem frequentando a locadora e acabarem se encontrando novamente. Patrícia também passava por um momento de desespero, pois acabava de terminar um relacionamento sem futuro e precisava de alguém para desabafar. Bernardo surgiu no seu caminho e foi com ele mesmo que ela decidiu colocar para fora tudo que sentia, em um estabelecimento próximo dali. 


E desse encontro de duas vidas sem sentido, surge um relacionamento que desde então tinha tudo para dar errado. O livro reveza momentos de vai e volta no tempo, enquanto conhecemos a história dos dois e um pouco mais de suas personalidades e vemos o que se passa no futuro. Conhecer a personalidade de Bernardo mais profundamente me deixou enlouquecida e bastante assustada. Devorei o livro em dois dias, especialmente depois de, logo no primeiro capítulo, receber a notícia de que não se tratava de uma história feliz, muito pelo contrário. Também não se trata de uma história triste, mas uma história bastante trágica de uma forma traumática.

Quando li a sinopse do livro eu já me empolguei e foi o motivo pelo qual topei receber a cortesia da Empíreo. Mas finalmente tendo-o em mãos e finalizando a leitura, percebi que é um livro forte e muito bem escrito! A leitura te faz mergulhar e só querer sair quando acabar a última página! Lucas Rezende demonstra muito talento com as palavras e já no seu livro de estreia mostra a que veio. Eu SUPER indico esse livro a quem gosta de histórias que prendem e que jogam a realidade humana na nossa cara, sem eufemismos e sem pena. Mais uma vez eu digo: valorizem os autores nacionais, porque talento é o que não falta por aqui.





Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo