Resenha – Os anjos do tempo

domingo, 31 de julho de 2016
Título: Clockwork angels – Os anjos do tempo
Autor: Kevin J. Anderson
Número de páginas: 295
Editora: Belas Letras



Por: Brenda Sousa

“Algumas pessoas querem riquezas fantásticas, alguma querem muito poder, e outras (como eu) queriam viver aventuras e conhecer as maravilhas do universo.”
– Os anjos do tempo, Kevin J. Anderson

Owen Hardy ainda não era considerado um adulto quando vivia em Barrel Arbor, até os 16 anos de idade. Levava uma vida simples, como ajudante do pomar com seu pai, namorando com Lavínia, com quem deveria se casar em breve. Sua mãe desapareceu a alguns anos e seu pai pode jurar que ela está morta, mas Owen acredita que ela fugiu para descobrir os segredos do universo, era isso que diziam os diários dela: a sua grande vontade de se aventurar.

Seu vilarejos e os outros mais próximos, assim como a capital Crown City, é controlada pelo Relojoeiro, o responsável pela estabilidade, por regular o tempo, por saber tudo que o universo quer que aconteça para cada pessoa em cada lugar, pois “tudo tem seu tempo, tudo tem seu lugar”. Segundo ele, os tempos antes da estabilidade eram tempos macabros, de guerras, lutas que acabam em muitas mortes, de fome, tristeza e sofrimento, e agora, graças a ele, as coisas são diferentes. E todos acreditam nisso, inclusive Owen. Mas, de forma alguma, isso é capaz de tirar da sua cabeça a curiosidade para conhecer Crown City, os grandes autômatos dos anjos do tempo, e se aventurar mundo afora, muito além de Barrel Arbor. 

Certa noite, perto de completar seus 17 anos e se tornar oficialmente adulto, Owen decide que precisa quebrar um pouco as regras e envolve Lavínia nisso. Marca com ela para que à meia noite daquele dia eles se encontrem no morro para ver as locomotivas passarem, embaixo da lua. Ele estava ansioso pela sua aparição quando o momento finalmente chegou. Mas Lavínia não apareceu. A locomotiva chegou e com ela um rapaz chamou Owen, lhe perguntou o que faltava na sua vida e o que ele queria dali em diante. Sua resposta fez o rapaz puxá-lo para dentro, afastando-o da sua vida pacata, da garota que ele achava ser o amor de sua vida e de seu solitário pai. Owen estava à caminho de começar suas aventuras pelo mundo, sozinho, sem saber ao certo o que fazer e sem nenhum dinheiro no bolso. Ele estava prestes a descobrir os perigos e as maravilhas de se tornar adulto e a conhecer um mundo de oportunidades e novos aprendizados.


Eu me interessei pela leitura tanto pela capa quanto pela sinopse que me pareceu diferente do que temos costume de ver por aí. “Owenhardy” de Barrel Arbor, como ele se apresenta e é chamado por todos os personagens, é um garoto cheio de esperanças, de vontade de viver. Ele é inspirado em muitos aspectos. O livro é rico em personagens com as mais variadas personalidades possíveis, desde artistas de circo, até anarquistas e naufragadores, é cheio de experiências de tirar o fôlego e de nos fazer sonhar juntamente com Owen. A história não é feita só de momentos bons, mas pelo contrário, de grandes aprendizados e sofrimentos para o garoto. O que eu ache interessante foi acompanhar o crescimento não físico do garoto, mas como um rapaz, se tornando um homem, com suas paixões, medos e, acima de tudo, coragem de seguir a vida apesar de todos os obstáculos.

A história é rica em bastantes aspectos, porém eu achei ela muito parada. Acho que muita coisa aconteceu devagar demais, as narrativas são longas e os capítulos às vezes se tornam mais cansativos do que, na minha opinião, poderiam ser. Demorei bastante de ler justamente por essa falta de dinâmica. Não digo nem de ação, pois acho que livros sem ação podem ser sim muito bons, mas pela “vagareza” dos acontecimentos e pela forma como foram retratados pelo autor. Para quem gosta de viagens, aventuras e descobertas, fica a indicação da leitura. É um livro para ser lido com calma e paciência, talvez até alternando com uma outra leitura mais leve. 






Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha - Por onde andam as pessoas interessantes?

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Título: Por onde andam as pessoas interessantes?
Autor: Daniel Bovolento
Número de páginas: 192
Editora: Planeta do Brasil


Por: Anna Carolina Ataide

"Nunca contei isso para ninguém, mas ontem percebi que eu coleciono começos."
Por onde andam as pessoas interessantes? - Daniel Bovolento

Escrito pelo apaixonante Daniel Bovolento, Por onde andam as pessoas interessantes? reúne uma coletânea das suas crônicas mais famosas (e outras inéditas!), tendo como tema central o amor (ahh o amor). Baseado nesse questionamento, que dá nome a obra, o autor traz diversas discusões através de narrativas, sobre o comportamento atual das pessoas ao lidarem com esse sentimento em suas vidas. Quem nunca se perguntou porque os relacionamentos não estão dando certo? Ou porque é tão difícil esquecer aquela pessoa ou ver que aquela sua paixão momentânea não é a sua metade da laranja? É a partir desses questionamentos que o autor registra suas conclusões e as transmite aos seus leitores.

Comprei esse livro por indicação de uma leitora, mas admito que, mesmo sem essa indicação, eu o teria comprado só pelo título, até porque quem nunca fez essa pergunta? Além disso, eu gostaria de saber se realmente havia alguma resposta para ela! (sem spoilers,haha)

Então, vários detalhes tornam esse livro encantador! Primeiro que o autor revela-se em um espectro de personagens que possuem paixões, dúvidas e neuras diferentes, tornando cada crônica única e especial! O legal é que ele assume esses personagens com vigor e consegue expressar seus sentimentos nas duas ou três páginas em que cada crônica é discorrida.


O segundo ponto interessante, é que as crônicas são introduzidas pelo tema e por uma frase de alguma música que revela um pouco do que se seguirá. Ou seja, ele já seleciona o repertório acústico da história e fica a seu critério ouvi-lo ou não! Na minha opinião isso permite que o leitor adentre mais na narrativa, usando mais de um sentido físico.

Por fim, é um livro que possui uma capa muito bonita, tendo narrativas com os finais mais variados e com algumas ilustrações fofas que aumentam o encantamento  por essa obra. Acredito que mesmo para os que não curtem crônica , seria interessante essa tentativa, pois "Por onde andam as pessoas interessantes?" Não decepciona o leitor!

"Que eu te encontre num dia ensolarado, nublado, chuvoso, com névoa, e te diga alguma coisa. Que eu te reconheça no momento exato em que puser meus olhos em você. E que você saiba que houve um encontro ali."
Por onde andam as pessoas interessantes? - Daniel Bovolento

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Ps. Carol é minha amiga (Brenda falando) e se preparem porque daqui para frente teremos mais dela aqui no blog como resenhista e quem sabe algo mais. *-* 
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Promoção literária: surto de leitora!

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Olá, leitores!

Nosso post de hoje vem falar de algo que me aconteceu na semana passada e fez com que eu e minha mãe surtássemos inesperadamente no shopping após uma simples sessão de cinema. Fomos passear pelo shopping, quando, de repente, do terceira andar eu resolvi olhar para baixo. O que eu vejo? Um enorme stand de livros em promoção, a partir de R$ 10,00. Eu tinha acabado de comprar um livro por R$ 19,90 na Saraiva, mas não me contive e precisei passar lá. O resultado? Eu e minha mãe compramos 8 livros, além do que já tínhamos comprado. Um deles foi para presente e outro eu comprei para sortear por aqui ou lá no nosso Instagram. Vamos ver quais foram, além desses 2? 


1. Quando o amor supera tudo 
SINOPSE: Elizabete tem uma missão muito importante: fazer com que a justiça prevaleça. Uma delegada muito corajosa e determinada, ela busca com todas as suas forças colocar atrás das grades perigosos assassinos, principalmente aquele que a marcou emocional e fisicamente. Porém, ao conhecer o agente do FBI, Felipe, ela luta para se manter focada em sua missão e resistir aos charmes do rapaz. Finalmente a paixão irrompe. Infelizmente, um caso não resolvido de Felipe surge pra assombrá-los, trazendo consigo grande perigo. Mas isso não o impede de protegê-la com sua vida, se preciso for. O amor será fundamental para que consigam superar todos os obstáculos.



2. Vermelho como o sangue
SINOPSE: No congelante inverno do Ártico, Lumikki Andersson encontra uma incrível quantidade de notas manchadas de vermelho, ainda úmidas, penduradas para secar no laboratório de fotografia da escola. Cédulas respingadas de sangue. Aos 17 anos, Lumikki vive sozinha, longe de seus pais e do passado que deixou para trás. Em uma conceituada escola de arte, ela se concentra nos estudos, alheia aos flashes, à fofoca e às festinhas dominadas pelos garotos e garotas perfeitos. Depois que se envolve sem querer no caso das cédulas sujas de sangue, Lumikki é arrastada por um turbilhão de eventos. Eventos que se mostram cada vez mais ameaçadores quando as provas apontam para policiais corruptos e para um traficante perigoso, conhecido pela brutalidade com que conduz os seus negócios. Lumikki perde o controle sobre o mundo em que vive e descobre que esteve cega diante das forças que a puxavam para o fundo. Ela descobre também que o tempo está se esgotando. Quando o sangue mancha a neve, talvez seja tarde demais para salvar seus amigos. Ou a si mesma.



3. O começo do Adeus
SINOPSE: Anne Tyler nos leva a um romance sábio, assustador e profundamente tocante em que descreve um homem de meia-idade, desolado pela morte de sua esposa, que tem melhorado gradualmente pelas aparições frequentes da mulher — na casa deles, na estrada, no mercado. Com deficiência no braço e na perna direita, Aaron passou sua infância tentando se livrar de sua irmã, que queria mandar nele. Então, quando conhece Dorothy, uma jovem tímida e recatada, ele vê uma luz no fim do túnel. Eles se casam e têm uma vida relativamente modesta e feliz. Mas quando uma árvore cai em sua casa, Dorothy morre e Aaron começa a se sentir vazio. Apenas as aparições inesperadas de Dorothy o ajudam a sobreviver e encontrar certa paz. Aos poucos, durante seu trabalho na editora da família, ele descobre obras que presumem ser guias para iniciantes durante os caminhos da vida e que, talvez para esses iniciantes, há uma maneira de dizer adeus.



4. Primeiro amor
SINOPSE: Axi Moore é uma garota certinha, estudiosa, bem comportada e boa filha. Mas o que ela mais quer é fugir de tudo isso e deixar para trás as lembranças tristes de um lar despedaçado. A única pessoa em quem ela pode confiar é seu melhor amigo, Robinson. Ele é também o grande amor de sua vida, só que ainda não sabe disso. Quando Axi convida Robinson para fazer uma viagem pelo país, está quebrando as regras pela primeira vez. Uma jornada que parecia prometer apenas diversão e cumplicidade aos poucos transforma a vida dos dois jovens para sempre. De aventureiros, eles se tornam fugitivos. De amigos, se tornam namorados. Cada um deles, em silêncio, sabe que sua primeira viagem pode ser também a última, e Axi precisa aceitar que de certas coisas, como do destino, não há como fugir. Comovente e baseado na própria vida do autor, este livro mostra que, por mais puro e inocente que seja, o primeiro amor pode mudar o resto de nossas vidas.



5. O beijo - Série bruxos e bruxas
SINOPSE: No quarto livro da série Bruxos e Bruxas, Whit e Wisty, agora membros do Conselho, estão tentando reconstruir a cidade depois de derrotar O Único Que É O Único, o vilão mais malvado do mundo. Quando tudo parece correr bem, surge uma nova ameaça, personificada na figura do cruel Rei da Montanha. Ele é um mago indestrutível, que deseja a todo custo dominar a cidade. Sem água e prestes a ficar sem alimentos, a população conta com os irmãos Allgood para sobreviver. A aventura e o suspense fazem o leitor prender a respiração a cada vez que um capítulo termina. Mas, com um título como esse, não poderia faltar romance no novo livro de James Patterson... Wisty está encantada pelo jovem Heath, que compreende tão bem os seus dilemas afinal, ele também é um bruxo. Talvez Wisty possa se unir a Heath na guerra contra o Rei da Montanha. Mas o que será que Whit acha disso? 



6. A garota das cicatrizes de fogo
SINOPSE: Quatro anos após o desaparecimento da filha e a misteriosa morte da esposa, Johnny Falco recebe uma pista que pode ajudá-lo a desvendar o caso. Um homem aparece morto com as mesmas características inexplicáveis de sua mulher: O CORPO NÃO PASSA DE UM ESQUELETO COM PELE. Seis anos após ter 80% do seu corpo queimado em um atentado, Lisa Gomez acorda em um hospital com uma incontestável diferença: TODAS AS CICATRIZES DE SEU CORPO DESAPARECERAM! E quando o destino dos dois se cruzarem na pequena cidade de Valparaíso, ambos descobrirão que as tragédias que cercam suas vidas estão muito mais interligadas do que poderiam imaginar.



E o livro comprado na Saraiva foi o primeiro de uma série longa, mas que ainda assim me deixa curiosa, com muita vontade de ler. Comprei, finalmente, "O duque e eu", de Julia Quinn. Um romance de época que chega na minha estante e eu espero me apaixonar como tantos outros leitores falam por aí.

SINOPSE: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta. Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.






Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Curiosidades e novidades #11

domingo, 24 de julho de 2016


1. Obama recomenda livros a garoto brasileiro


Daniel Fonseca é um garoto brasileiro de nove anos que vive nos EUA. Algumas semanas atrás, ele resolveu escrever uma cara para o presidente Barack Obama. Entre as perguntas, esta chama a atenção: "Qual o seu livro predileto?" A resposta: "Quando eu era criança, um dos meus livros favoritos era Onde Vivem os Monstros, de Maurice Sendak. Minhas filhas, Malia e Sasha, leram todos os livros de Harry Potter comigo e eu gostei de ler as histórias de aventura e mistério deles. Alguns de meus autores favoritos são Ralph Waldo Emerson, Mark Twain, E.L. Doctorow e William Shakespeare."



2. 25 Capas de livros e revistas que causaram as ilusões de ótica mais engraçadas
Quando olhamos as capas de livros e revistas, nem imaginamos que algumas delas podem se encaixar perfeitamente em determinadas pessoas ou situações, formando uma combinação muito interessante. As pessoas das fotos abaixo utilizaram a criatividade e a imaginação para combinar capas de livros e revistas com seus rostos e outras partes do corpo, posicionando elas em um ângulo perfeito, dando a ilusão de serem coisas completamente diferentes da realidade – e isso é bem engraçado.




3. Biblioteca humana substitui livros por pessoas para contar histórias
A Biblioteca Humana funciona assim: o visitante pode escolher entre três opções de "livros vivos" e cada conversa dura dez minutos. Um sino soa para indicar a hora de trocar os pares. Cada voluntário de "livro vivo" conta para o participante a história da própria vida. As origens foram das mais diversas: um campeão de ciclismo, uma sobrevivente do holocausto e um refugiado sírio que é roteirista e vive em Londres.




4. Com leitura de livros, presídio do RN concorre a prêmio nacional
O Complexo Penal Agrícola Dr. Mário Negócio, maior presídio de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, está concorrendo ao Prêmio Innovare 2016 – cujo objetivo é o reconhecimento e a disseminação de práticas transformadoras que se desenvolvem no interior do sistema de Justiça do país. Participam do projeto, denominado 'Releitura – Remissão pela Leitura e Produção de texto na Execução Penal’, 56 detentos. Para cada livro lido, o interno tem quatro dias diminuídos da pena que ele tem que cumprir. Porém, é preciso provar que entendeu o que leu. Ao final de cada leitura, o preso faz uma resenha contando a história.



É isso aí, leitores! A nossa coluna de hoje trouxe coisas bem legais e aguardem porque sempre teremos mais notícias e curiosidades, de preferência positivas! :D






Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resultado do sorteio de livros e marcadores - 500 Seguidores

sábado, 23 de julho de 2016

Olá, queridos leitores!

O dia tão esperado para os participantes do nosso sorteio de 500 seguidores aqui no blog chegou! Realizamos o sorteio e a grande vencedora foi a Juliana Bernardo, que cumpriu as regras direitinho. O vídeo abaixo mostra a realização do sorteio, de forma aleatória, para não deixar dúvidas. 



COMPROVAÇÕES DAS REGRAS

Seguir o blog + Comentário no post do sorteio


Resultado no Rafflecopter + Atualização do gadget do aplicativo (na postagem oficial do sorteio)


Quem quiser conferir se esse foi mesmo o resultado do gadget, é só acessar a POSTAGEM OFICIAL e conferir a atualização lá. ;)

Para a Juliana, parabéns, senhorita! Espero que faça bom proveito das leituras e dos marcadores! Nós já entramos em contato por e-mail e o e-book também já está disponível para download. O restante dos prêmios será enviado pelo correio em breve. 

Aos que não ganharam, não desanimem! Nos acompanhem no Instagram, porque o aniversário do Postando Trechos está chegando e tem mais sorteio para acontecer por lá no mês de Agosto!





Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha - Objetos cortantes

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Título: Objetos cortantes
Autora: Gillian Flynn
Número de páginas: 251
Editora: Intrínseca
Por: Brenda Sousa

“Todo mundo tem um momento em que a vida sai dos trilhos.” 
Objetos cortantes, Gillian Flynn

Camille Preaker é uma jornalista medíocre, de um jornal tão medíocre quanto, que vive na cidade de Chicago, mora sozinha, longa da família, sem amigos e com uma vida muito mais pacata do que a esperada para alguém na sua idade. Tudo começa a mudar quando em sua cidade natal, Wind Gap, uma garota de 10 anos é brutalmente assassinada e seu chefe, Curry, pede que ela vá até lá cobrir a matéria e tentar trazer algo importante para o jornal. 

Camille nunca teve uma boa relação com sua mãe e nunca conheceu seu pai. Tinha uma irmã mais velha, Marian, que morreu quando ela tinha apenas 13 anos de idade, e que desde então vem lhe assombrando a memória e lhe fazendo sofrer periodicamente. A volta para Wind Gap foi tão desagradável quanto ela esperava que fosse e a recepção de sua mãe, Adora, seu padrasto, Alan, e sua meia-irmã, Amma, foi a cereja do bolo. 

“O rosto que você apresenta ao mundo diz ao mundo como tratar você [...].”
Objetos cortantes, Gillian Flynn

O objetivo de Camille era investigar as coisas na cidade, na polícia, com conhecidos, com sua família e entender o que estava acontecendo num local tão pequeno e tranquilo quanto sua cidadezinha insuportavelmente entediante. Com a chegada de Camille, outra garotinha da mesma idade aproximadamente desaparece. O pânico é total e a desconfiança na cidade aumenta. A garotinha é encontrada morta e todos passam a proteger suas crianças como se não houvesse amanhã.

Amma é uma garota doce dentro de casa, mas popular, perturbadora e descontrolada na escola e entre as garotas e garotos da sua idade. A relação entre ela e Camille não é das mais amigáveis logo de cara, assim como continua sendo muito estranha sua relação com a mãe. No meio do turbilhão de confusões em sua família, Camille busca se aproximar o máximo possível da história de Natalie e Ann, as garotinhas mortas, para compreender o que realmente está por trás desta história. Ela só não sabia o quanto poderia estar envolvida nisso.


Eu comecei a ler esse livro com uma expectativa muito grande, uma vez que já li Garota Exemplar, da mesma autora, e foi um livro que me surpreendeu muito positivamente. Objetos cortantes não é nem de perto tão perturbador e excitante quanto o outro livro e confesso que estou um pouco decepcionada. Eu já sabia quem era o culpado desde o começo e não me surpreendi com a descoberta de Camille. Também achei que a história aconteceu de forma muito rápida, sem emoção, sem muita ação, um pouco paradona. 

Apesar dos pontos que comentei acima, a história é interessante. Traz algumas reflexões sobre a natureza enlouquecedora que o ser humano pode assumir e o que problemas psicológicos e familiares podem levar uma pessoa a fazer em busca de atenção e amor. Gostei do ambiente no qual o livro se passa, Wind Gap, gostei dos personagens envolvidos e de sua personalidade. Só acho que a história precisava de um pouco mais de suspense e desespero. Fica a dica para quem curte livros do gênero, mas aos leitores de Garota Exemplar: não se empolguem tanto. 



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Lançamentos de Julho - Editora Draco

quarta-feira, 20 de julho de 2016
Olá, leitores!

Vocês já conhecem e já sabem do histórico do meu amor pelos livros da Editora Draco. Vamos ver o que eles nos trazem de novo nesse mês de Julho? Como sempre, temos lançamentos para todos os gostos.


Boys Love – Os mistérios de Llyr, Dana Guedes e Ericksama
Um amor mais profundo que os mistérios do oceano



Julian vive em uma pacata cidade litorânea, mas nem as delícias da confeitaria onde trabalha podem adoçar os tristes e solitários momentos de quando não está em serviço.

Quando em um encontro do acaso conhece Llyr, um estranho garoto maltrapilho que vive nas ruas, sente que a sua vida nunca mais será a mesma. Sem entender por quê, Julian sabe que precisa proteger esse rapaz tão perdido quanto os próprios sentimentos. Pois Llyr precisa de um lar e de uma chance para sobreviver. Mas Julian precisa de algo mais. Enquanto se conhecem a cada dia, ele se percebe vasculhando cantos de sua alma que não imaginava poder redescobrir.





Medieval – Contos de uma era fantástica
Uma viagem à época onde mora a fantasia


Por cerca de mil anos, a roda da História girou num ritmo vertiginoso: castelos e fortalezas se ergueram e foram destruídos, cidades se multiplicaram, guerras sangrentas se alternaram com períodos de paz. Migrações, invasões, o surgimento da imprensa e, por fim, as grandes navegações expandiram os limites do mundo. Tudo isso marca o período conhecido como Idade Média, que nos legou incríveis narrativas povoadas de seres mágicos, fadas, bruxas e encantamentos.

Foi esse imaginário que inspirou os autores de Medieval – Contos de uma era fantástica a contar suas histórias. Das cruzadas às invasões vikings, passando pela Espanha mourisca, Oriente Médio, China e pelo Japão dos samurais, todos os contos são ambientados em lugares do mundo real – um tempo em que o fantástico e o maravilhoso se mesclavam naturalmente aos eventos do cotidiano.




Dracomics Shonen, v. 1
Conheça os heróis mais radicais em quadrinhos absolutamente épicos!


Influenciados por centenas de mangás e animes, autores brasileiros foram reunidos para criar suas próprias histórias em quadrinhos de aventura. O resultado são eletrizantes narrativas de fantasia e ficção científica influenciadas pelo estilo japonês.


Após uma disputada seleção, a Editora Draco escolheu oito mangás com os melhores elementos do gênero shonen. Entre os mundos criados estão: um garoto cuja única habilidade é mentir, um ônibus do além, um rei dos elementos, magos que manipulam a vida e a morte, um faroeste dominado pela física, uma caçada espiritual, um ladrão protegido pelo maneki neko e um torneio de luta entre contos de fada.

Saiba mais sobre a obra
Adicione ao Skoob


Quack – v. 2, Kaji Pato
Quando os mocinhos se ferram, só um grupo de garotas poderá salvá-los.


Esse é o mundo da perna de pau e do tapa-olho! Os atrapalhados heróis caíram nas mãos de um dos mais terríveis piratas dos céus: o arqueroso Resmo. Sem seu avião e contando apenas com sua “esperteza”, eles serão servidos ao molho pardo. Quem poderá ajudá-los?


Enquanto isso, um grupo de garotas está planejando uma fuga milaborante. No comando estão a destemida Toscana e a rebelde Marte, que terão que enfrentar um navio infestado de homens maus e fedidos para escapar de serem vendidas. Será que nossos abestalhados amigos serão capazes de fugir dessa encrenca que cheira a pururuca e rum?

Saiba mais sobre a obra
Adicione ao Skoob





Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Curiosidades e novidades #10

segunda-feira, 18 de julho de 2016


1. Filme de "Extraordinário" ganha data para estrar nos cinemas
A Lionsgate confirmou que a estreia está agendada para 7 de abril de 2017, segundo a Variety. No filme, Julia Roberts foi confirmada para viver a mãe de Auggie Pullman, que será interpretado por ninguém menos que Jacob Tremblay, ator mirim que ganhou o coração do público após sua atuação em “O Quarto de Jack”.




2. Livro tecnológico faz os leitores experimentarem sensações dos personagens
Era uma vez uns pesquisadores do MIT (Massachusetts Institute of Technology) desenvolveram uma nova tecnologia baseada em sensores que possibilitam uma leitura interativa, de um livro infantil, causando sensações ao leitor que a torna mais real, por meio da tecnologia. O projeto foi nomeado "Sensory Fiction" (ficção sensorial) e consiste em um wearable book que provoca sensações físicas por meio de um colete capaz de criar efeitos de iluminação, vibrações, mudanças de temperatura e compressões de acordo com a história do livro para melhorar a experiência da leitura. 




3. 'Tinder dos livros' quer espantar o preconceito na hora de escolher livros
A pesquisa Retratos da Leitura apresentada recentemente mostrou que a capa está na quinta posição no ranking dos fatores que influenciaram os leitores brasileiros na hora de escolher um livro. Uma plataforma quer inverter essa lógica. Estamos falando do Book 4 You, apontada por alguns como o “Tinder dos livros”. A plataforma foi lançada em 2015 apenas na versão desktop, mas planeja melhorias e versões mobile para breve. Ao contrário do que acontece no aplicativo de encontros amorosos, no entanto, o Book 4 You não induz seus usuários a se levar apenas por um rostinho bonito. “Enquanto que no Tinder, você primeiro vê se a pessoa é bonita e só depois vai saber se ela é ou não interessante, no Book 4 You, nós apresentamos a sinopse, se o usuário gostar do que leu e der ‘match’ com o livro, ele poderá ver a capa. O conteúdo vem antes da capa. A gente evoluiu o conceito do Tinder”, brinca Cassio Bartolomei, fundador da plataforma que hoje tem como sócios Maria Fernanda Rodrigues, titular da coluna Babel, e Thiago Porto (PerSe).



4. A professora que pediu a suas alunas ‘memes’ de ‘Cem Anos de Solidão’
A cada ano a professora chilena de língua e comunicação Jacqueline Bustamante (53 anos) pensa numa forma diferente de avaliar suas alunas adolescentes. “Para não repetir a prova típica, que desmotiva as estudantes”, explica a Verne. Seus colegas e ela já pediram às alunas histórias em quadrinhos de Dom Quixote, intervenções com batucada da obra de Miguel de Cervantes e fotonovelas baseadas em O Jogo da Amarelinha, de Julio Cortázar. Para a leitura de Cem Anos de Solidão, Bustamante este ano pediu a elas memes da história de Gabriel García Márquez. As jovens de 17 anos, surpresas e divertidas, fizeram.



É isso aí, leitores! A nossa coluna de hoje trouxe coisas bem legais e aguardem porque sempre teremos mais notícias e curiosidades, de preferência positivas! :D





Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Leituras de Junho

sábado, 16 de julho de 2016

Olá, leitores!

Junho é mês de férias por aqui e as leituras sempre rendem muuuuito mais! O saldo desse mês foi positivo, com leituras variadas e deliciosas! Vamos conferir?


1. Amor à moda antiga - Fabrício Carpinejar 
SINOPSE: Em seu aniversário de 43 anos, Fabrício Carpinejar ganhou de presente uma velha máquina de escrever Olivetti Lettera 82 verde-esmeralda. Desde esse dia, ele se dedica a escrever nela poemas de amor e a guardá-los como um inventário de seus sentimentos e emoções ao longo de sua carreira. Pela primeira vez, a Belas-Letras publica esses poemas exatamente como os originais foram enviados à editora, em maços de papel despachados pelos Correios, sem nenhum tipo de correção ortográfica, edição ou retoques, inclusive com as próprias anotações à mão feitas pelo próprio Carpinejar. Todos os textos de Amor à Moda Antiga (inclusive este) foram originalmente escritos em máquina de escrever. O resultado é um livro orgânico, singelo e apaixonadamente imperfeito, exatamente como o amor é.




2. Aonde quer que eu vá - Beatriz Cortes
SINOPSE: O sonho da vida de Ester se realizou. A Confederação Brasileira de Ginástica a escolhe como representante nacional nos Jogos Olímpicos em Sydney, 2000. Ester vivencia um paradoxo entre o caos de um campeonato mundial e seu amor incondicional pelo esporte, tendo que vencer seus próprios medos e conflitos longe de sua família. O pior acontece; a ginasta, abalada, volta ao Brasil, onde um reencontro inesperado renova sua esperança. Mas será o amor a força suficiente para mover não apenas seu corpo, mas todo seu coração? 

ONDE COMPRAR: Diretamente com a autora (bhya.cortes@hotmail.com)



3. Anjos mortais - Thaylane R. Ramos
SINOPSEIsabelle é uma garota com uma vida adolescente comum, melhor amiga por perto, faculdade dos sonhos e filha única, ama o local onde vive e não trocaria sua vida atual por nada. Porém, tudo mudará ao saber que seu pai recebeu uma promoção em Toscana, e que por isso, terá que se mudar para lá. Isabelle, então, se vê forçada a se adaptar a um novo lugar, a uma nova vida, longe de tudo que sempre amou. Douro Senior, a melhor universidade de Toscana, será o novo lugar, onde Isabelle irá continuar a cursar Medicina, e é lá que sua vida sofrerá uma reviravolta que jamais imaginara. Diante de um grande mistério que rondará os confins dessa universidade, Isabelle se verá envolvida num dilema, onde terá que encarar a desconfiança, o medo, a coragem, a traição, a amizade e o verdadeiro amor.




4. Apaixonada por você - A. C. Meyer
SINOPSE: Depois do emocionante romance entre Julie e Daniel em Louca por você, chegou a vez de conhecermos a história de Johanna e Zach. Ela é uma advogada que trabalha para artistas. Ele, um empresário de muito estilo – sócio e melhor amigo do irmão dela. Quando a paixão dos dois esquenta, surge um impasse: ele quer assumir a relação para todo mundo, mas ela tem medo da possível reação de seu irmão Danny, que confia muito em Zach. Será que Johanna, essa mulher tão decidida e independente, conseguirá não magoar seu cobiçado “senhor Delícia”? E será que Zach, para assumir o relacionamento, vai amolecer o coração do amigo Danny, que agora será papai?




5. Infinito reflexo - Cris de Ávila
SINOPSE: Livro inspirado no encontro da autora, Cris de Ávila, com um entusiasmado garoto indiano em sua cidade natal A história ilustra a imaginação do garoto percorrendo o mundo e sua maior descoberta!




6. Rainha dos corações congelados  (Livro 2: Primavera) - Rebeca Melo
SINOPSE: "Na Terra dos Sem-Coração ela parecia insensível, fria e calculista. No entanto, aqui eu estou conhecendo a mulher por trás da coroa: uma que chora, sorri e demonstra seus sentimentos, mesmo que sem intenção." Primavera é um livro que transmite mudanças, com a leveza das flores e o desafio dos espinhos. "Espelhos não mostram o que somos por dentro, mas se você observar bem, verá que o seu reflexo é a imagem de todas as escolhas que já fez."




7. Cartas de amor de Paris - Samantha Vérant
SINOPSE: Aos 19 anos, Samantha Vérant conheceu o encantador Jean-Luc em uma curta viagem à França. Eles aproveitaram o clima romântico de Paris e, quando ela voltou para casa, ele escreveu sete lindas cartas de amor – que ela nunca respondeu. Vinte anos mais tarde, à beira de um divórcio e se perguntando em que ponto sua vida começou a dar errado, Samantha encontra as cartas de Jean-Luc. Ela então o procura na internet para enfim responder às cartas com um longo pedido de desculpas atrasado. Então rapidamente descobre que a conexão entre ambos continua tão forte quanto no dia em que ela o deixou sozinho em uma plataforma de trem em Paris.




8. Flor de cerejeira - Alana Gabriela
SINOPSE: Yoko sempre teve uma vida relativamente boa e estável, participava da organização do Festival Cherry Blossom, tinha amigos com quem contar na escola, tocava violino e estava treinando para fazer parte da orquestra da Juventude de Macon quando tudo começou a dar errado. Seu pai se envolveu num grave acidente, que acabou matando um pai de família e, foi parar na prisão. Sem a referência paterna, e com todos os problemas financeiros que se acumulam, o distanciamento da mãe, Naomi, que está a cada dia mais se afundando em trabalho, Yoko vê o que sobejou, de sua família, totalmente desestruturado. Em meio à dor da perda, Yoko conhece Aidan Hirsch, um garoto que parece tão desestruturado quanto ela, taciturno e solitário, e que é capaz, acima de tudo, de não julgar, simplesmente ouvir. Aos poucos, um sentimento singelo e inefável ganha forma, surgindo uma história delicada de autoconhecimento, arrependimento, culpa e superação que poderá mudar a vida desses adolescentes se assim escolherem.







Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha dupla – "O papai é pop 2" e "A mamãe é rock"

quinta-feira, 14 de julho de 2016
            Título: O papai é pop 2                                                                         Título: A mamãe é rock
            Autor: Piangers                                                                                       Autora: Ana Cardoso
            Número de páginas: 112                                                                      Número de páginas: 112          
            Editora: Belas Letras                                                                            Editora: Belas Letras


O primeiro volume de “O papai é pop” foi um sucesso nacional. Nele fomos todos apresentados a Aurora e Anita e seu grande pai Marcos Piangers. Em “O papai é pop 2”, temos mais algumas crônicas contando o dia a dia de quem realmente assume o papel de pai, para além das atividades básicas como trocar fraldas, botar pra dormir e alimentar. São crônicas sobre o cotidiano, sobre coisas surpreendentes que crianças de agora 3 e 10 anos fazem diariamente e o quanto podemos aprender com isso.

Como se já não bastasse estarmos apaixonados por dois livros escritos pelo pai, a mãe, Ana Cardoso, resolveu trazer suas crônicas para nos encantar no livro “A mamãe é rock”. Temos a visão de uma mãe tão presente quanto o pai das garotas e conhecemos novas histórias do universo de Aurora e Anita, nos encantando ainda mais. Histórias sobre piolhos, bebês, feminismo e muito mais.



Quando comecei a ler “A mamãe é rock”, li uma frase que dizia que ao terminar a leitura eu estaria pensando em nomes para filhos e posso dizer que foi mais ou menos por aí. Ao finalizar a leitura de “O papai é pop 2”, logo em seguida, estava completamente apaixonada pela relação pais-filhXs. Ana e Piangers conseguem contar tantos momentos íntimos, tantas angústias e tantas belezas desse paraíso cheio de pequenos infortúnios que são capazes de nos encantar de uma forma esplendorosa.

E eu ri. Ri MUITO. A crônica sobre a gravidez da professora, que reverberou em todas as pequenas aluninhas de três anos que chegaram em casa dizendo que estavam grávidas do mesmo colega de turma, me fez rir muito, mas muito mesmo. Eu não conhecia profundamente as meninas, mas suas tiradas, presentes em várias crônicas de ambos os livros, foram divertidíssimas e algumas até inteligentes demais para as idades. 


Um ponto importante de ser comentado: a edição de ambos os livros deixou as leituras incrivelmente gostosas. Eu li ambos os livros no mesmo dia, inteirinhos, e quando acabei ainda fiquei com vontade de quero mais. Cada desenho, cada detalhe nas páginas, foram importantes para fazer com que eu me apaixonasse. Piangers e Ana, claro, contribuíram muito para isso com sua escrita convidativa e empolgante em cada uma das histórias narradas.

Acima de tudo, eu indico esse livro para qualquer pessoa, ao menos aquelas que gostam de crianças. Temos aqui lições que devemos nos atentar para a educação dos pequenos que serão responsáveis por, talvez, tornar este mundo um lugar melhor no futuro. Pelo que vi, Aurora e Anita estão no caminho certo para serem personagens importantes nessa mudança e tem muita coisa boa para ensinar a outras crianças e pais por aí. No mais, é uma leitura divertida e vale super a pena. <3







Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo