Feliz ano novo literário!

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015
Olá, leitores!

O último dia de 2015 chegou... Quando eu olho para Janeiro deste ano e faço a retrospectiva de tudo que me aconteceu, especialmente com relação ao blog e Instagram, percebo que 2015, apesar de um ano conturbado em diversos aspectos, na verdade me trouxe inúmeras alegrias. Foram diversas novas parcerias fechadas, muitas leituras incríveis, pessoas maravilhosas que conheci aqui na blogosfera e lá no instagram e essa parte da minha vida tem se tornado cada vez mais importante e feito os meus dias mais felizes e animados. 

Obrigada a todos vocês, leitores aqui do blog, pela presença, pelos comentários, por me estimularem a continuar postando e me dedicando a isto. Obrigada pelas dicas de livros que peguei de tantos de vocês através de resenhas, tags ou outros posts. Obrigada aos que participaram de alguns projetos que levantei por aqui, obrigada por tudo e sejam sempre bem vindos! 


Preciso muito agradecer às minhas duas amigas, Carol e Malu, que sempre me incentivaram, desde que comecei no Instagram, a continuar postando e melhorando a cada dia, amo vocês! Obrigada aos parceiros, tanto autores quando editoras, pela confiança, pelo respeito e por estarem sempre disponíveis quando peço alguma coisa. Obrigada a todos os leitores e todas essas pessoas por terem feito do ano de 2015 um ano literário incrível! 

Além de tudo, apesar de não ter estabelecido meta de leitura, estou muito contente por ter atingindo mais de 60 livros lidos em 1 ano (vem post falando sobre isso nos primeiros dias de 2016!). Devo isso ao blog e ao Instagram, pois foram meus maiores estímulos para trazer mais indicações, mais resenhas e mais trechos, além da grande quantidade de parceiros que me enviaram seus livros com prazos para serem lidos, o que me ensinou muito a me dedicar ainda mais e me organizar para ler tudo que quis (ou não, porque desejo de leitor não acaba nunca! hahaha).

Que 2016 seja um ano maravilhoso, de muitas realizações, que alcancemos nossos objetivos na vida e na leitura, que formemos ótimas lembranças e saibamos valorizar o lado bom das coisas, afinal a vida não é feita só de sonhos e realizações, mas também de tropeços e aprendizados. Espero que estejam sempre por aqui e possamos nos unir cada vez mais em prol daquilo que gostamos de fazer: LER. 




Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





As fotos mais curtidas de 2015 no @postandotrechos

terça-feira, 29 de dezembro de 2015
Olá, leitores!!

2015 está acabando e as retrospectivas estão rolando soltas por aí. Pensei: "Por que não fazer as nossas também?". E esse post é a primeira retrospectiva do nosso Instagram, sobre as fotos mais curtidas do ano. De uns tempos para cá tenho percebido o quanto o ig vem crescendo e o quanto as pessoas vem curtindo cada vez mais as fotos e algumas delas atingiram números que, sinceramente, me surpreenderam e me deixaram muito feliz. Espero que gostem! 



















Essa foto, sabe-se lá porque, atingiu (até agora) 795 curtidas. 




Essa foi a primeira foto que deu um boom de curtidas (584) lá no nosso instagram e que me deixou muito curiosa tentando entender porque e de onde todas essas curtidas surgiram. Não que eu esteja reclamando... hahahha




Curtidas nesta foto: 523.




Curtidas nesta foto: 521.




Curtidas nesta foto: 466.




Curtidas nesta foto: 463.




Curtidas nesta foto: 417.


Na verdade, imagino que as curtidas tenham sido ligadas ao trecho em si ou mesmo ao livro. O que me deixou mais surpresa foi que algumas delas foram fotos simples, para mim, que nem deram tanto trabalho quanto outras. Me diverti muito reparando isso nos últimos meses. Mas é isso, espero que tenha gostado e que venham muitas outras curtidas e novidades no ano de 2016!

Para quem ainda não nos segue no instagram, conheçam clicando AQUI.


Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha – Dias nublados

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015
Título: Dias nublados
Autor(a): Dany Fran
Número de páginas: 276
Editora: Empíreo


Por: Brenda Sousa

“A vida não foi mesmo feita para ser um resumo. Por isso escreva a sua história sem pressa.” 
Dias nublados, Dany Fran

Izadora Morgan Luchetta é uma artista plástica brasileira, que sonha inaugurar uma exposição na Europa. Está vivendo em Florença, Itália, com tudo planejado para que sua exposição seja inaugurada em breve, quando recebe uma ligação da irmã, dizendo que a família sofrera um acidente, mas que, felizmente, todos passam bem. Porém, depois do choque, a viagem deles para visitá-la e prestigiar sua exposição fora adiada, notícia que deixa Izadora muito triste. A partir deste dia, inúmeras tragédias começaram a acontecer na vida dela e de pessoas próximas, deixando-a intrigada e cada vez mais preocupada com tudo. 

Uma dessas tragédias acaba influenciando a data de sua inauguração, que é adiada para o fim do ano. Diante disto, Izadora decide voltar para o Brasil e esperar o tão sonhado dia com a sua família em Curitiba. Com a sua volta, ela sente a diferença de rotina e de clima, reencontra amigos, se dedica a um novo trabalho com eles e acaba não passando tanto tempo quanto gostaria com a família aproveitando o aconchego de casa. Mal sabia ela que as coisas não ficariam tão bem em casa quanto estavam agora por muito tempo...




Um acontecimento extremamente importante acaba mudando a vida de Izadora e de toda a sua família para sempre. Ela acaba não inaugurando a tão sonhada exposição, se afasta de tudo e todos e se afunda cada vez mais num buraco sem fim. Ela passa a dar aulas numa faculdade brasileira, sem ânimo, sem paixão, sem desejo pelo que faz. Aos poucos alguém importante vai se aproximando mais dela e acaba sendo a sua maior força para retomar a vida e a carreira, lhe provando que precisará seguir em frente, mesmo que jamais deixe de lado a grande saudade que reside em seu peito por toda a sua vida de antes. Antes do carnaval em que tudo aconteceu.

“Respostas. Às vezes, passamos uma vida em busca de algumas que jamais serão decifradas. Pelo menos não de maneira concreta.” 
Dias nublados, Dany Fran

Desde que li a sinopse de “Dias nublados” fiquei muito curiosa pela história. Quis saber o que tinha acontecido para mudar a vida de Izadora. Surpreendi-me com a leitura, pois imaginei que fosse ser muito diferente, um romance em sua essência, mas não é bem isso. A história é sobre superação, valorização dos pequenos momentos, das amizades e das reuniões em família, dentre outros aspectos importantes do nosso dia a dia que muitas vezes deixamos de lado. O romance surge, sim, como uma grande força capaz de nos acordar para a vida e a forma como a autora guiou isso dentro do contexto da história foi muito singela, muito bonita. 

Preciso confessar que, apesar da diferença de idade, fiquei desejando encontrar pessoalmente Francesco, amigo de Izadora quando morava em Florença. Tive vontade também de visitar os tantos pontos turísticos ou não que a personagem comenta sobre ou visita na história e por isso fiquei me imaginando ao lado dela em diversos momentos. Desejei conhecer suas obras, ver seus trabalhos, conhecer sua família. 




Quando finalizei a história, parei para olhar a capa mais uma vez e a enxerguei com outro sentido, assim como Izadora comenta sobre as obras de arte. Ao pegar o livro pela primeira vez, enxerguei uma capa bonita, uma estrada tranquila e cheia de flores. Olhando novamente, depois da leitura, senti um arrepio, um medo de me imaginar percorrendo essa estrada. Achei essa sensação magnífica. Outro aspecto que gostei muito foram as folhas do livro, enfeitadas no começo de cada capítulo. Deu um gostinho de aproximação maior de todo o cenário da história. 

“- [...] O que quero dizer é que as obras que explodem emoção na gente são resultado de técnica, de alma, trabalho e o coração do artista.” 
Dias nublados, Dany Fran.

Por fim, declaro que gostei muito da história e que ela foi muito mais profunda do que eu esperava. Indico a leitura, pois vale a pena para que todos nós possamos compreender o valor de cada minuto dos nossos dias, especialmente ao lado das pessoas que amamos.



Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha – O estranho contato

sábado, 26 de dezembro de 2015
Título: O estranho contato
Autor(a): Kelly Shimohiro
Número de páginas: 208
Editora: Empíreo


Por: Brenda Sousa

“A vida é muito mais complicada do que me ensinaram na escola.” 
O estranho contato, Kelly Shimohiro

Ágatha Guiller é uma garota comum, de 19 anos, que não se encaixa no mundo e na vida que tem. Tem 4 irmãos e é a única mulher, ainda por cima a caçula. Ela não vê muita razão para se comportar como os jovens se comportam e nem tem muitos companheiros. O único com quem passa tempo e se diverte é Fred, seu melhor amigo. 


De uma hora para outra, Ágatha começa a ter sonhos estranhos, nos quais está acompanhada de um garoto maravilhoso, com a sensação de que estão fugindo de algo, porém vivendo um romance avassalador. Ela nunca viu o rapaz antes, mas mesmo no sonho ele fez com que ela se apaixonasse e desejasse sonhar com ele cada vez mais. 

No mesmo período em que os sonhos de Ágatha começam a acontecer, ela recebe em casa a visita de um parente de quem nunca ouviu falar antes: Tom. Filho do irmão de seu pai, vai para uma palestra importante na sua cidade e pediu para se hospedar na casa dela. Assim que ele cruza a porta da frente, ela o reconhece de imediato. Tom é, literalmente, o garoto dos sonhos dela. E ele sabe disso. Mas, como isso é possível? 

“Muitos sonhos são comunicações. São contatos. Não é mera fantasia.” 
O estranho contato, Kelly Shimohiro

Tom deveria passar alguns dias na casa dela, mas logo no segundo dia após a sua chegada ele recebe um telefonema urgente do pai e precisa voltar para a sua casa. Ágatha nem tem tempo de se despedir ou de relembrar uma vez mais o beijo que eles acabaram dando escondidos de toda a família e a única coisa que tem como lembrança é um bilhete. A partir daí, Ágatha vai atrás de pistas sobre o paradeiro de Tom para tentar encontrá-lo o mais rápido possível, afinal ele foi o único que a fez descobrir uma razão para viver e ela não estava disposta a deixar essa chance passar. Então, foi atrás de Veronica González, a palestrante que Tom tanto desejava assistir, e descobriu que ela é muito mais do que apenas isso. Tom deixou com ela um outro bilhete, desta vez com um endereço e um pedido para que ela o encontre em outro país.

A partir daí mais coisas estranhas continuam acontecendo e Ágatha percebe que tudo que ela vem vivendo é mais do que um sonho e ela não é a única envolvida. Fred começa a ver pessoas desaparecendo e tudo parece muito surreal. Então, eles vão juntos para outro país buscar as respostas que precisam. O que eles não sabem é que talvez fosse melhor ficar sem essas respostas a ter que mergulhar fundo na história assustadora que vão se meter.






 “O Estranho contato” é um livro daqueles que te deixa curiosa e te puxa pela mente até quando você mais deseja dormir à noite. Desde os primeiros capítulos a história me conquistou e me fez querer saber mais e mais, entender de onde vinham os sonhos de Ágatha e aonde eles iriam levá-la. A relação dela com Fred é gostosa de ver e todas as loucuras nas quais eles se envolvem são de nos fazer roer unhas. As descobertas que fazemos ao longo do livro nos empolgam a cada página e o único resultado possível é devorá-lo em menos de 2 dias. 

Os personagens são bem trabalhados, cada um com seus defeitos e mistérios. Eu senti que as coisas foram se explicando de forma coerente, sem deixar vazios e se completando. É uma história bem elaborada, que nos faz desejar apertar um botão de “avançar” num controle para chegar logo nas respostas e matar a curiosidade que corrói a nossa mente. Gostei muito da leitura e, por ser uma história com muito mistério e acontecimentos surreais, com o final que teve, acredito (E ESPERO MUITO) que tenhamos uma continuação em breve. Meu coração de leitora não aguenta uma espera muito longa para reencontrar Tom e todos os mistérios que o envolvem!! Indico a leitura para quem gosta de fantasias com uma mistura aconchegante de romance!


“Talvez sonhos sejam só sonhos, fantasias sem sentido... ou uma confusão do inconsciente, cheia de símbolos e ilusão. E de desejo... mas talvez eles não sejam só isso, talvez eles realmente possam se tornar reais.” 
O estranho contato, Kelly Shimohiro


Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Nova parceria - Naty Rangel

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015
Olá, leitores!

Primeiramente, espero que o Natal de vocês tenha sido maravilhoso e cheio de coisas boas! Em segundo lugar, chegamos hoje para anunciar uma nova parceria! Eu já seguia a autora no Instagram a um bom tempo e sempre gostei. Com muita alegria anuncio que somos um dos blogs parceiros da autora do livro "Retratos de uma vida": Naty Rangel. 

SINOPSE: A nossa vida é feita de flashes. E fazemos uma coleção deles: bons, ruins, inesquecíveis e inesperados. E não é diferente para Jennifer, uma jovem aspirante a fotógrafa que sonhava em trabalhar para a maior revista do país. Só que alguns de seus registros não foram nada bons. A perda dos pais num acidente de carro, e a traição de um namorado com sua melhor amiga na adolescência, traumatizaram. Mas o tempo, e o irmão inseparável, deram a força que ela precisava para continuar, e em 8 anos essa fotógrafa alcançou a tão sonhada vaga na revista. Esse foi apenas o começo de uma sessão de flashes emocionantes. Jennifer Torres estava prestes a conquistar a profissão dos seus sonhos... E o coração de alguém inesperável. Um romance com os melhores momentos ilustrados, para você não perder nenhum click.




                                                                SOBRE A AUTORA                                                               


A carioca Naty Rangel se formou em Design Gráfico e descobriu o amor pela leitura há pouco tempo.  Retratos de uma Vida foi o primeiro livro finalizado e publicado pela autora que pretende causar em seus leitores as mesmas sensações que a leitura lhe proporcionou nos últimos anos. Naty também é blogueira, micro empresária e vive com o marido e o filho que ela considera o melhor feito de sua vida.




“Abri a porta e me segurei com todas as forças para não fechar na cara do meu visitante. Meu coração ficou acelerado e eu podia sentir que seus olhos estavam no meu corpo. Essa sua reação ao me ver tirou o torpor das minhas pernas e o nó na minha garganta."
Retratos de uma vida - Naty Rangel


Conheçam melhor a autora e seu trabalho a partir das suas redes sociais:
Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha – A estranha mente de Seth

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015
Título: A estranha mente de Seth
Autor(a): Alana Gabriela
Número de páginas:  146
Editora: Autografia


Por: Brenda Sousa

“A perfeição não é alcançada quando não há mais nada a ser incluído, mas sim quando não há mais nada a ser retirado.”
A estranha mente de Seth, Alana Gabriela

Seth R. é um jovem estudante de universidade, revoltado com as condições sociais e políticas do local em que vive. Desde pequeno enxerga os absurdos e as atrocidades a que a população está submetida e isso lhe motiva, cada vez mais, a fazer algo para acabar com toda a situação. Tem um amigo, ou, digamos, alguém mais próximo, com quem passa parte do tempo na faculdade e é obcecado por uma colega, Lauren. Ele a persegue por vários lugares, sob a justificativa de “protegê-la”, de impedir que ela deixe de ser imaculada e, para isso, faz desde coisas pequenas até agir contra o namorado da garota (de forma brutal). 

Durante toda a história vemos sinais da mente perturbada de Seth, vemos problemas de saúde surgindo, e, mais importante, vemos a sua aproximação com a professora Mary, da faculdade. Esse contato ocorre, desde o princípio, de forma excêntrica e Mary passa a conhecê-lo melhor do que qualquer outra pessoa. Eles se envolvem e por um tempo compartilham suas vidas por trás dos panos. Enquanto isso, Seth dá o seu melhor para ser aceito numa organização de rebeldes revolucionários contra o governo, treinando todos os dias, quase de forma militar, a fim de alcançar os maiores objetivos da organização. 

Seth é um garoto perturbado, com uma mente avançada, que não se preocupa com problemas corriqueiros. Está sempre a frente, se desliga do mundo e ignora quem quer que esteja por perto. Tudo que pensei durante a minha leitura (e que se intensificou no final) é que o nível de revolta de Seth levou-o à psicopatia. Foi assim que o enxerguei. Ele é um personagem extremamente bem trabalhado, complexo, cheio de problemas de um nível além do que somos capazes de entender e foi um dos pontos mais fortes desta história que tem tantos outros pontos a serem valorizados. 


“A língua é um órgão torpe, mentiroso e insano; a boca é um buraco negro em que não se pode confiar, pois segredos jamais estão a salvo ali dentro. A qualquer momento, alguém pode pensar em explodir pensamentos que antes estavam bem guardados.” 
A estranha mente de Seth, Alana Gabriela


A história não tem enrolação, assim como nos outros livros da Alana, e isso torna a leitura fluida e nos enche de ansiedade a cada capítulo. Quando fiz o post de primeiras impressões (AQUI), comentei que o livro era baseado em fatos reais e sobre o quanto isso me dá arrepios, independente do contexto. Passei o livro inteiro curiosa sobre quais eram esses fatos reais e, para a minha agradável surpresa, a autora nos explica, depois que a história acaba, de onde Seth surgiu na sua imaginação. Ela se baseou num personagem real da nossa história mundial, o qual foi responsável pelo pontapé inicial para a primeira Grande Guerra Mundial. Fiquei ainda mais fascinada com o empenho da Alana em buscar informações e bolar uma história tão rica, com um personagem possível de ser tão incrivelmente analisado e acompanhado. 


É o terceiro livro que leio da autora. São sempre histórias deliciosas, com os temas mais variados possíveis. Com “A estranha mente de Seth” não é diferente. Indico MUITO a leitura, especialmente para os que gostam de História Mundial. Aos que não gostam, vale a pena mesmo que não queira saber o que há por trás de tudo, afinal falamos de um livro bastante diferente do que estamos acostumados a ver e isso sempre faz a leitura ser ainda mais empolgante. 


Conheçam e acompanhem a Alana no seu blog: Pieces of Alana Gabriela.


Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Picbook - Projeto literário 2016

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015
Olá, olá, leitores!!

O nosso post de hoje vem apresentar para vocês um projeto que acontecerá durante todo o ano de 2016, uma vez por mês. O PICBOOK foi criado pela Maidy, do blog Dear Maidy e ela me pediu para ajudar com os temas de cada mês (obrigada pela confiança! <3). 



Para cada mês teremos um tema definido e o objetivo é tirar foto de um ou mais livros de acordo com este tema. A ideia é estimular a criatividade, falar sobre os livros e criar uma dinâmica legal entre as blogueiras participantes. Então, nos próximos meses teremos por aqui muitas fotos e histórias novas.














Vocês que nos acompanham nas outras redes sociais ou mesmo as nossas resenhas aqui no blog já viram o quanto trabalhamos com fotos. Nem sempre elas saem das mais bonitas possíveis, mas vamos lá tentar evoluir e criar mais com esse projeto delicioso!

 Estamos muito empolgadas e animadas para o começo do projeto. Que seja cheio de fotos lindas e de bons compartilhamentos literários em todos os blogs. Espero que vocês acompanhem o projeto tanto aqui quanto nos outros blogs. Aguardem! ;)

BLOGUEIRAS PARTICIPANTES:
     
      

Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Resenha – No fio da vida

terça-feira, 22 de dezembro de 2015
Título: No fio da vida
Autor(a): Paulo Azevedo
Número de páginas: 221
Editora: Fólio Digital


Por: Brenda Sousa

“Pessoas boas surgem em nosso caminho o tempo todo, às vezes nossos corações viciados não percebem.”

No fio da vida, Paulo Azevedo

José é um rapaz de origem bem humilde, simples, nunca teve grandes oportunidades na sua infância. Sua mãe sempre foi muito dedicada e o auxiliou em tudo que pôde, enquanto seu pai sempre foi muito fechado, não demonstrava emoções e maltratava a mãe diariamente. O garoto cresceu num ambiente conturbado e não teria muitas perspectivas de melhora. Sempre fora muito estudioso e, aos 22 anos, já estava graduado em Direito por mérito próprio e, sendo um dos melhores alunos da turma, foi contratado por um de seus professores para um dos maiores escritórios de Direito Internacional da América Latina.

O pai de José sofreu um acidente no trabalho e perdeu uma perna. Daí em diante a vida da mãe do garoto virou um inferno ainda maior. José, crescendo na vida, decidiu mudar-se da casa dos pai e foi morar sozinho. Ficaram, então, a mãe, que sonhava em ser professora, e o pai, razinza, revoltado com a vida e buscando a morte. A mãe de José fora abandonada pelo pai quando tinha apenas 12 anos. Apesar disso, não deixou de gostar do pai ou sentiu raiva dele. Apenas compreendeu que ele precisava da mudança e continuou sonhando em reencontrá-lo.

“Há momentos na vida em que temos que decidir.”
No fio da vida, Paulo Azevedo.

No trabalho de José, havia um faxineiro, Cardoso, que desde o princípio lhe foi serviu muito como conselheiro. Logo quando chegou ao escritório, julgou um pouco que um faxineiro qualquer pudesse ser metido a filósofo, mas aos poucos percebeu que o seu ofício não limita a sua capacidade intelectual e se tornou grande amigo do senhor. Sempre lhe pedia conselhos, ajuda sobre como proceder.

José se envolveu com uma das secretários do escritório, bem mais velha que ele, e muito discreta. Por um bom tempo tiveram um relacionamento não sério e escondido e foram aos poucos se apaixonando. Nesse período, o pai de José faleceu e essa foi, de certa forma, uma libertação para ele e para a mãe, que passou a estudar e se formou em Pedagogia, virando professora. Dai em diante as coisas ficaram ainda melhores. José passou, sim, por alguns altos e baixos, grandes problemas (profissionais e amorosos) e, com a ajuda de Cardoso e o apoio da mãe, foi aprendendo grandes lições que só a vida é capaz de ensinar.

“Sonhos são bons; melhor é a realização deles.”
No fio da vida, Paulo Azevedo.

O que mais gostei no livro é que, a todo momento, lembrei-me da escrita de Augusto Cury e Paulo Coelho, a forma como eles nos ensinam as coisas com suas histórias e as mensagens por trás de cada acontecimento na vida dos personagens. Paulo Azevedo os teve como inspiração (o que só descobri no final do livro), além de muitos outros grandes nomes. Não é um livro de auto ajuda, mas é um livro que nos mostra como traçamos nosso caminho na vida e como todos os nossos passos tem importância para o nosso futuro.

A história nos mostra muito sobre valorizar o ser humano, independente do seu ofício, sua idade, sua religião, sua cor ou raça ou seu status social. Há muito para se aprender com este livro e é importante abrir os olhos para a quantidade de coisas lindas que podemos tirar dele. Gostei bastante da história, assim como do desfecho dela. Para quem curte livros do gênero, acho uma leitura muito interessante!


Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





[Novidades Editora Draco] Lançamentos de Dezembro‏

domingo, 20 de dezembro de 2015

Olá, leitores!!
Trazemos hoje as novidades em lançamentos da Editora Draco para o mês de Dezembro! Confiram. Espero que gostem.


O Despertar da Fúria, Eduardo Kasse

Doença, sofrimento e morte. Com a peste negra assolando a Europa, os poderosos da Igreja e da nobreza têm de encontrar alguém para acusar, fazendo o povo odiar um mal em comum. Só assim conseguirão manter o controle. E claro, os culpados sempre são os demônios. Os culpados somos nós.

Despertar da Fúria é o quarto romance da Série Tempos de Sangue, de Eduardo Kasse, e narra como a terrível doença foi a causadora de histeria e milhares de mortes pela Europa medieval. Vinda do continente pelo mar, a praga se espalha rapidamente pela Inglaterra, assim como as pilhas de corpos retirados dos casebres, das catedrais e dos castelos. A morte não faz distinção: ceifa a vida de jovens saudáveis e de velhos decrépitos com o mesmo ímpeto. Ricos ou pobres, não importa. E, em meio ao medo e à descrença, Harold Stonecross continua seu caminho pelas sombras, sedento pelo cada vez mais escasso sangue fresco e puro. Contudo as trevas também se abaterão sobre o imortal, não pela doença, mas pelas mãos dos seus algozes, enquanto poderes ancestrais se reúnem na Inglaterra a fim de traçar o destino deles e da humanidade.

Preço: R$ 39,90 
R$ 19,90 (e-book)


O Esplendor, Alexey Dodsworth

A luz esconde. A escuridão revela.

Aphriké é o nome de um planeta fadado à luz interminável. Um planeta considerado o único do universo, e habitado por uma raça telepática que desconhece o sono, o sonho e a privacidade. Convictos da eternidade de seu mundo, os aphrikeianos não desconfiam que tudo foi criado por R’av, um ser com poderes cósmicos e obcecado pela ideia de perfeição. Mas mesmo um deus pode errar. Sobretudo se for um deus aprendiz e que desconhece o que realmente é. Aprisionados a uma maldição alardeada por bárbaros liderados pela feroz Lah-Ura, os aphrikeianos nem desconfiam que seu paraíso está prestes a ser arruinado. Até que nasce uma aberração: um menino capaz de dormir. Uma pessoa capaz de, através dos sonhos, entrar em contato com Outromundo, um planeta como Aphriké, mas iluminado por um único sol amarelo. Considerado deficiente, este menino precisará se unir à letal Lah-Ura para, juntos, revelarem a verdade oculta da criação de Aphriké. Uma verdade que a luz esconde, mas que a escuridão revelará.

Preço: R$ 59,90 
R$ 24,90 (e-book)



Zikas – v. 1, Alessio Esteves, Raphael Fernandes e Junior Ferreira (Dracomics - Quadrinhos)

Rolezinho, periferia e… fantasia medieval?!

Em um mundo habitado por elfos, orcs, anões, gnomos e outras criaturas fantásticas, o reino de San Paolo é repleto de problemas. A Milícia Pública combate o crime e tenta manter a ordem, mas quando alguém precisa resolver algo para valer, é melhor chamar um zika! Conheça Barone, um orc cansado de ser apenas um ajudante geral de um boteco na periferia e pretende ser o maior zika que o reino já viu. Para isso, conta com a ajuda do anão hipster Muralha, da orc cabeleireira Latiffa e do gnomo mal-humorado Jay. Zikas é escrito por Alessio Esteves e Raphael Fernandes, e ilustrado por Junior Ferreira. Uma verdadeira paródia da vida nas grandes metrópoles brasileiras, com raças e classes sociais que seriam cômicas se não fossem trágicas.

Preço de capa: R$ 19,90 (papel)



Boys Love em Quadrinhos – v. 1

Porque o verdadeiro amor precisa ser visto

Boy’s Love ou yaoi são apenas formas de descrever o fenômeno que surgiu no Japão e conquistou o mundo. Histórias cheias de sensibilidade e afeto, protagonizadas por rapazes em relações homoafetivas, um universo onde as sensações são intensas e a paixão fala mais alto a cada frase. E depois do sucesso da coleção Boy’s Love, agora com a imersão visual que só os mangás permitem. Neste primeiro volume de Boy’s Love em Quadrinhos, prepare‑se para testemunhar esses casos que podem ser aconchegantes como um abraço esperado ou quentes como um beijo roubado. Amores que vêm do espaço ou fantasias que são mais palpáveis que as palavras podem expressar. A tensão de não entender o coração daquela pessoa especial, mesmo que ela não exista mais.

Preço de capa: R$ 34,90 (papel)



A menina que se alimentava de dor (Tempos de Sangue), Eduardo Kasse

Conto da série Tempos de Sangue de Eduardo Kasse, autor brasileiro que vem despontando pelo trabalho de ficção histórica misturada ao mito dos vampiros.


Não há vencedores numa guerra: a dor e o sofrimento permanecem mesmo depois que as batalhas acabam. Essa é a história de como as trevas dominaram Amalina, uma jovem esforçada e de bom coração, na época em que a França começava a ser delineada.

Preço: R$ 2,99




O Castelo das Águias, Ana Lúcia Merege

O Castelo das Águias, romance fantástico de Ana Lúcia Merege, é um lugar especial. Localizado nas Terras Férteis de Athelgard, região habitada por homens e elfos, abriga uma surpreendente Escola de Magia, onde os aprendizes devem se iniciar nas artes dos bardos e dos saltimbancos antes de qualquer encanto ou ritual.

Apesar de sua juventude, Anna de Bryke aceita o desafio de se tornar a nova Mestra de Sagas do Castelo. Aprende os princípios da Magia da Forma e do Pensamento e tem a oportunidade de conhecer pessoas como o idealizador da Escola, Mestre Camdell; Urien, o professor de Música; Lara, uma maga frágil e enigmática, e o austero Kieran de Scyllix, o guardião das águias que mantêm um forte elo místico com os moradores do Castelo. Enquanto se habitua à nova vida e descobre em Kieran um poço de sentimentos confusos e turbulentos, uma exigência do Conselho de Guerra das Terras Férteis põe em risco a vida e a liberdade das águias. Com o apoio de Kieran, Anna lutará para preservá-las, desvendando uma trama de conspiração e segredos que envolvem importantes magos do Castelo.

Preço de capa: R$35,90 (papel) 
R$ 19,90 (e-book)



Boy’s Love – Sem preconceitos, sem limites

Para amar e ser livre. Sem limites.

Boy’s Love ou yaoi são apenas formas de descrever o fenômeno que surgiu no Japão e conquistou o mundo. Histórias cheias de sensibilidade e afeto, protagonizadas por rapazes em relações homoafetivas, uma maneira de ver a vida que abre as portas da fantasia e se aprofunda no questionamento sobre o que é certo ou errado. Viaje para o mundo dos mortos ou descubra lindos seres que só poderiam sair dos tomos da mitologia. Nessas páginas o terror e a ternura serão apenas preliminares para o que não pode mais esperar.

Preço: R$ 35,90 
R$ 19,90 (e-book)


A Editora Draco deseja a todos os amigos, parceiros e leitores um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de sucesso e boas leituras!

Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos





Processo criativo por trás do @postandotrechos

sábado, 19 de dezembro de 2015
Olá, leitores!!

O nosso post de hoje vai falar um pouquinho sobre o meu processo criativo e toda a organização envolvida nas postagens que são feitas no nosso Instagram. Para quem não sabe, esta foi a nossa primeira rede social (e a nossa principal) e postamos diariamente duas fotos com trechos de livros (por isso o nome “Postando Trechos"). Para isso, há todo um processo envolvido para que eu possa continuar postando com frequência e ainda assim dar conta das outras redes sociais, estudar para a faculdade e ler todos os livros que preciso ler, sempre dentro dos prazos.

Para que tudo isso dê certo, eu tiro todas as fotos nas manhãs de domingo. Tenho arquivos no computador onde anoto todos os trechos conforme vou lendo ou encontrando na internet publicados por editoras ou mesmo pelo skoob. Deixo tudo guardado e no domingo de manhã eu escolho 7 trechos de livros que eu tenho em casa e 7 trechos de livros que não tenho, para que as fotos possam ser alternadas entre “Com livro” e “Sem livro”. Depois de selecionados os trechos, eu pego minhas canetinhas, meus bloquinhos e começo a produzir:















Depois de todos os trechos copiados, eu os separo e começo a tirar as fotos. Passo mais de uma hora tentando fazer as fotos ficarem suficientemente boas para serem postadas. Meu parâmetro é que as fotos me agradem, porque sei que é impossível agradar a todos e por isso pelo menos eu preciso gostar do que estou fazendo. A casa fica uma bagunça nessa hora! Move cadeira, tira enfeite de mesa, tira enfeite de estante, carrega enfeite do quarto para tirar foto na estante, deita no chão, sobe no sofá, tudo isso para tentar encontrar o melhor ângulo e deixar a foto o mais diferente possível e ainda assim bonita.



Geralmente eu acabo tirando mais de 100 fotos, às vezes mais de 200, para escolher quais ficaram melhores no computador. As fotos dessa semana, tiradas no domingo passado, foram inicialmente 107 e resultaram em 17 fotos. Preciso de 14 para a semana inteira, mas às vezes gosto de uma mesma foto de dois tipos diferentes e mantenho para escolher na hora de postar.

Antes

Depois

Com as fotos já escolhidas, eu faço uma arrumaçãozinha em iluminação, nitidez e coloco a marca do nosso instagram (para evitar roubos sem os devidos créditos, como já aconteceram algumas vezes). A diferença da foto original para a foto pronta é pequena, mas dá uma avivada melhor na imagem.




Por fim, para que eu possa postar de qualquer lugar que eu for, eu envio as fotos para o meu e-mail. Todos os dias de manhã e de noite eu seleciono a foto que desejo postar e envio para o Instagram.




Fazer tudo isso toda semana dá um trabalho enorme, mas é muito legal ver as pessoas curtindo, comentando e compartilhando os trechos postados lá. Também publico os trechos na nossa página no facebook e no nosso twitter. Para quem não segue, nos conheçam também nas nossas outras redes sociais. ;)

É isso, espero que tenham curtido conhecer um pouco mais sobre como funciona a dinâmica do trabalho. Até a próxima!


Brenda Sousa
21 anos. Baiana. Blogueira, leitora viciada, apaixonada por séries de TV. Graduanda em Fonoaudiologia. Criadora do @PostandoTrechos
 
© Postando Trechos, VERSION: 02 - Dentro do céu - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo